You are currently viewing 10 passos para abrir sua primeira franquia

10 passos para abrir sua primeira franquia


As franquias são uma modalidade de negócio que vem crescendo muito nos últimos tempos. Isso porque, elas são boas para todo mundo:para a franqueadora, que aumenta sua rede e o reconhecimento da sua marca tendo bem menos trabalho para isso, para o franqueado, que começa um negócio com uma marca já conhecida e aprovada no mercado e para o consumidor, que tem acesso a produtos e serviços de marcas famosas bem mais perto de casa!

Se você está pensando em investir nesse modelo de negócio, mas não sabe bem por onde começar, fique por aqui! Fizemos para você, uma lista com 10 passos para abrir sua primeira franquia!

1- Analise suas áreas de interesse
Tão ou mais importante que escolher uma franquia rentável e que esteja na moda, é escolher trabalhar com algo que você goste. Isso porque, a longo prazo, se você estiver em um negócio do qual não gosta, suas chances de sucesso vão cair consideravelmente.

Portanto, analise a si próprio, veja os ramos com os quais gostaria de trabalhar e pesquise se existem franquias desse nicho.

2- Converse com franqueados
Saber as opiniões e experiências de quem já trabalha nessa modalidade de negócio, é um dos 10 passos para abrir sua primeira franquia. Afinal, exemplos concretos valem muito mais que exemplos teóricos e ver, na prática, como funciona o franchising pode ajudar a entender se esse mundo é para você.

3- Estude a fundo sobre o assunto
Apesar da prática ser fundamental, a teoria também é imprescindível na hora de abrir sua primeira franquia. Estude tudo sobre esse modelo de negócio e veja se você se enxerga a longo prazo trabalhando com isso. Lembre-se de que para ser um franqueado, você terá que seguir várias regras pré-estabelecidas e um padrão determinado pela matriz. Então, se você não gosta de seguir um “roteiro”, talvez o franchising não seja para você.

4- Planeje os seus gastos
Você deve analisar todos os custos que terá para adquirir a franquia, seja com os documentos legais e também para se manter até o negócio começar a dar retorno.

5- Faça uma pesquisa sobre a franqueadora
Depois de escolher a franqueadora, faça uma pesquisa detalhada sobre ela. Saiba a quanto tempo essa marca entrou para o franchising, quantas unidades ela já possui e se os atuais franqueados estão satisfeitos, enfim. Quanto mais informação, melhor na hora de abrir a sua primeira franquia.

6- Faça uma análise criteriosa da Circular de Oferta de Franquia
A Circular de Oferta de Franquia (COF) contém todas as informações legais e uma minuta do contrato. Leia com muita atenção e, caso não compreenda bem as informações, consulte um advogado.

7- Pense bem antes de fechar negócio
Nunca faça nada por impulso. Pense bem, analise os prós e contras e só feche negócio quando tiver certeza absoluta de que é isso mesmo que você quer. Afinal, abrir a sua primeira franquia é um grande passo e você deve estar 100 % seguro para dá-lo.

8- Escolha um bom ponto comercial
Um ponto comercial é muito importante para o sucesso de um negócio. Mesmo com uma marca já famosa, é essencial que você tenha bastante visibilidade para que o público te ache facilmente.

9- Analise a concorrência
É fundamental conhecer os seus concorrentes, que são aqueles com quem você vai disputar pela atenção dos clientes. Existe um ditado antigo que diz: “informação é poder”, e isso é uma verdade absoluta. Quanto mais você conhecer os métodos, estratégias e preços da sua concorrência, mais vai conseguir se preparar para fazer frente a eles.

10- Divulgue seu negócio
Tão importante quanto oferecer produtos e serviços de excelência, é fazer essa oferta chegar até o seu potencial cliente. Portanto, ter uma estratégia de marketing é fundamental na hora de abrir sua primeira franquia. É interessante considerar contratar uma empresa de publicidade para fazer essa divulgação de maneira profissional.

Muitas franqueadoras, principalmente as maiores, têm estratégias próprias de propaganda e te dão todo o suporte com isso. Aliás, esse é um outro fator a ser levado em conta na hora de escolher a franqueadora e abrir sua primeira franquia. Afinal, algumas têm um investimento inicial menor, mas, somando o que você terá que gastar à parte com marketing e outros serviços não oferecidos por ela, o valor final não compensa.

Agora que você já sabe quais são os 10 passos para abrir sua primeira franquia, não perca mais tempo e comece seu próprio negócio!

Deixe um comentário