You are currently viewing Como escolher a franquia certa para investir?

Como escolher a franquia certa para investir?

Selecionamos as principais perguntas que o empreendedor deve fazer antes de investir em uma franquia

O franchising é uma porta de entrada para novos empreendedores que querem começar a própria empresa por meio de um investimento de baixo risco. Isso porque as franquias são modelos de negócio que foram testados e aprovados, passaram por uma padronização de processos e então abriram para uma expansão nacional.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising – ABF, o Brasil possui atualmente 2.882 redes de franquia, totalizando mais de 170 mil unidades. Ao todo, essas redes faturaram R$ 185 bilhões em 2021.

Como existem milhares de opções disponíveis no mercado, escolher a franquia certa pode ser uma tarefa desafiadora. “Investir em uma rede de franquia é uma oportunidade única, mas precisa estar alinhado aos interesses pessoais da pessoa que irá administrar o negócio. Esse empreendedor deve entender que tipo de ramo quer atuar e quanto está disposto a investir”, explicou Fred Ferreira, especialista em expansão de franquias e consultor da Como Franquear.

Principais perguntas a serem feitas ao escolher uma franquia

Se você não tem ideia de onde começar, o primeiro passo é fazer as perguntas abaixo, que vão colocar alguns parâmetros na sua busca por franquias.

– Quais são meus objetivos pessoais?

Todo mundo tem motivações diferentes para se tornar um empreendedor. Antes de pensar em abrir um negócio ou comprar uma franquia, pergunte-se quais são seus objetivos. Você quer ganhar dinheiro, passar mais tempo em casa ou dar um passo empreendedor em sua carreira?

Quando você determina seus objetivos pessoais, é mais fácil decidir se uma franquia é uma boa opção para ajudá-lo a atingir esses objetivos.

– Em que tipo de indústria quero fazer negócios?

O mercado de franchising oferece uma ampla possibilidade de nichos para se investir, como saúde, educação, turismo, tecnologia e serviços.

Para o empresário Alex Tereska, o setor de alimentação – food service, é uma opção lucrativa e que abraça todos os perfis de empreendedores. “Investir no ramo de alimentação é uma das formas mais seguras de empreender, porque as pessoas nunca vão parar de comer, seja visitando o restaurante presencialmente ou pedindo um delivery, a alimentação é uma atividade básica e essencial para todas as pessoas. Se for uma rede com comida de qualidade, saborosa e com preço justo, a chance de obter bons resultados é ainda maior, porque consegue alcançar desde a classe A até a C”, falou Tereska, proprietário da franquia Shawarma Food, rede especializada em pratos originais do Oriente Médio.

– Quais são meus pontos fortes?

Os donos das franquias mais bem-sucedidas empenham-se bastante no negócio, mas também procuram maneiras de delegar ou terceirizar as funções nas quais podem não ser bons ou ter tempo para fazer. Não é necessário ser especialista em tudo. Não tenha medo de delegar tarefas a funcionários ou mesmo empresas externas que gerenciam coisas como contabilidade ou escrituração.

– Que papel eu quero desempenhar no negócio?

Existem dois tipos de franqueados: proprietários ausentes, que contratam funcionários para administrar o negócio no dia a dia, e proprietários operadores, que estão diretamente envolvidos na gestão do negócio.

Antes de comprar uma franquia, determine o que você se vê fazendo diariamente. Diferentes franqueadores oferecem várias oportunidades: alguns oferecem trabalhos específicos e práticos, enquanto outros apresentam possibilidades de gestão. É importante saber qual deles funciona melhor para você antes de fechar um acordo com uma franquia.

– Que tipo de compromisso quero fazer?

Geralmente um contrato de franquia tem a duração de cinco anos. Isso significa que você está se comprometendo com essa oportunidade a longo prazo, por isso certifique-se de que poderá estar envolvido no negócio ao longo desse período.

– Qual é o meu orçamento de investimento?

Os custos de franquia variam muito de acordo com o setor e o modelo de negócios. Antes de comprar uma franquia, você deve pesar o investimento inicial em relação ao retorno esperado, juntamente com suas metas de renda, estilo de vida e patrimônio. Você precisa determinar quanto está disposto a investir e o que o ajudará a atingir seus objetivos de curto e longo prazo.

“Embora algumas franquias desejem que seus franqueados tenham experiência específica no setor, é mais importante ter o conhecimento básico de negócios e o impulso de empreender para ter sucesso, porque é necessário ter garra e desejo de crescer para ingressar neste mercado”, finalizou Alex Tereska, da franquia Shawarma Food.

Deixe um comentário