You are currently viewing Como funciona o treinamento de franqueados?

Como funciona o treinamento de franqueados?

O treinamento de uma franquia é a preparação fornecida aos franqueados depois que eles assinam um contrato de franquia com um franqueador e antes de começarem a operar uma franquia.

A ênfase desses programas está na capacitação dos funcionários da franquia para que eles possam representar a marca no território escolhido.

Durante o treinamento, os franqueados são treinados em habilidades empreendedoras, habilidades pessoais, como manter a consistência da marca, como desenvolver paixão pelo trabalho, como manter a si mesmo e aos outros motivados, como operar a franquia e muitos outros tópicos.

“O treinamento da franquia é a chave para o sucesso da unidade. A capacitação inicial e os acompanhamentos esclarecem como funciona a franquia, o papel de cada funcionário e como alcançar os objetivos traçados no contrato. O treinamento também mantém os franqueados alinhados com o que o franqueador defende”, disse Pedro Nóvoa, gestor da divisão de extrudado da franquia Mundo Serralheiro. “No nosso caso, ensinamos, por exemplo, como o franqueado opera as máquinas, como gerenciar o estoque de produtos, toda a parte financeira, comercial, de marketing, isso porque uma pessoa que investe em uma franquia está investindo em um negócio já formatado e padronizado, eles ingressam no franchising porque querem ter esse acompanhamento, suporte e segurança”, explicou Pedro.

Tipo de programa de treinamento de franquia

Existem três tipos principais de treinamento de franquia usualmente seguidos pela maioria das redes de franquia.

Treinamento na sede ou home office: é quando o primeiro treinamento prático é realizado no escritório principal da franquia. Durante esse treinamento, os novos franqueados fazem um tour pelas instalações do escritório, são apresentados aos principais membros da equipe e informados sobre como funciona o modelo de negócios. O treinamento geralmente dura alguns dias ou uma semana. É seguido por testes e avaliações para determinar a capacidade dos franqueados.

Treinamento local: é quando o treinamento ocorre na nova unidade da franquia. Neste momento, o franqueado está familiarizado com a estrutura do negócio, os procedimentos operacionais, como operar as ferramentas e outras áreas relacionadas com as operações comerciais diárias. Esta formação pode ser considerada uma extensão da formação da sede. O representante do franqueador geralmente está presente para auxiliar o franqueado nesse momento. A ideia é ajudar um franqueado a configurar e administrar a franquia sem problemas.

Treinamento contínuo: como a maioria dos programas de treinamento em outros setores, o treinamento de franquia não é um evento único. Os franqueados devem permanecer atualizados com as mudanças na gestão, atualizações de produtos/serviços, tendências de mercado e assim por diante. Retreinamento, recertificação e atualizações podem ajudar a manter os franqueados focados nos objetivos da franquia.

“O treinamento é de vital importância tanto para o franqueado como para a franquia, afinal, os franqueados desempenham um papel significativo na expansão da empresa e na replicação do modelo de negócio em novas localidades. Por isso é essencial que seja realizado um bom treinamento para que o franqueado consiga gerenciar e operar a unidade”, finalizou o gestor.

Deixe um comentário