You are currently viewing 4 etapas para realizar um projeto arquitetônico para a sua franquia

4 etapas para realizar um projeto arquitetônico para a sua franquia

O conceito do projeto arquitetônico é a representação técnica do que será feito, podendo ser uma construção ou reforma.

Dessa forma, é um projeto que usa design e arquitetura para desenvolver o processo criativo, a criação e execução de soluções técnicas. A partir disso, une estética e geometria a fim de agregar valor ao projeto.

Ele é o esboço da ideia do arquiteto, que coloca no papel o imaginado para o espaço. Ele é essencial para qualquer construção, e também é feito a fim de verificar as maneiras de atender melhor o cliente.

Ainda, o arquiteto faz o projeto observando o contexto da obra em questão. Assim, ele considera itens físicos, culturais, econômicos e tecnológicos. Também pensa as condições de ergonomia, materiais, sistemas e conforto ambiental.

Benefícios do projeto

O projeto arquitetônico é positivo pois orienta e tira todas as dúvidas para construir a obra. Por isso, prevê problemas, imprevistos e define recursos financeiros necessários.

Assim, permite que a obra seja feita de forma simples e rápida. Além disso, é útil por evitar gastos.

Etapas do projeto arquitetônico

As etapas de um projeto arquitetônico podem variar de acordo com o profissional que oferece o serviço em questão. Porém, há uma forma geral que o processo segue. Confira as principais:

1. Briefing
Esse é a primeira fase de um projeto arquitetônico. Afinal, antes de começar o trabalho, o arquiteto precisa entender as necessidades do cliente, bem como seus desejos e preferências.

Assim, ambos delimitam certas questões para que, a partir disso, o arquiteto crie o projeto de acordo com o que se enquadra à vontade do cliente.

Nesse momento, também, o profissional pode sugerir ideias para o problema do cliente. Afinal, é ele que dispõe do conhecimento necessário e sabe o que é mais útil, mais rápido ou mais barato entre as opções.

2. Pré-projeto
Os profissionais fazem estudos iniciais baseados nos acordos feitos antes. Assim, consideram, por exemplo, as necessidades do cliente, incidência de ventos e a orientação solar, por exemplo.

Nesse momento, então, geram as primeiras plantas, sejam elas mais simples ou complexas. Além disso, faz a proposta de onde as áreas em que os ambientes devem ficar a área que cada um ocupará e, em cima disso tudo, estima o cálculo da obra.

Ainda sobre essa fase, os desenhos são feitos em croquis, pois dessa forma a equipe e clientes conseguem discutir e analisar os pontos. Assim, novas propostas podem ser solicitadas.

3. Anteprojeto
Na etapa do anteprojeto de um projeto arquitetônico, as plantas são feitas de forma mais detalhada e específica. A partir disso, os projetos complementares são criados.

Com o anteprojeto arquitetônico, o cliente pode ver melhor espaços da planta ou até com visualização 3D. Então, o cliente decide se o projeto vai continuar.

4. Projeto executivo
Em linhas gerais, essa é a fase final do projeto arquitetônico. Ele é feito de forma muito mais detalhada. Também, precisa ter todas as informações necessárias para a execução da obra.

O projeto executivo é como um manual para que os responsáveis pela construção da obra possam fazer muito bem e sem problemas.

Deixe um comentário