You are currently viewing 8 passos para lidar com as finanças da sua franquia

8 passos para lidar com as finanças da sua franquia

Qualquer empresa ou franquia possui sua base fundamental de sobrevivência: as suas finanças. Para tanto, invista em um planejamento financeiro eficiente e se mantenha no negócio por muito mais tempo. Por isso que hoje, nós vamos ensinar como lidar com as finanças de sua empresa.

Para começar, quando falamos em avaliar as suas finanças para investir em uma franquia, queremos lembrar que não é possível que você utilize todo o dinheiro que você dispõe para o investimento inicial. É preciso reservar uma quantia para utilizar como capital de giro.

Aprenda a melhor forma para lidar com as finanças de sua franquia

Depois de iniciar com a franquia, é preciso, principalmente no começo do negócio, ter cautela e lidar com o setor financeiro de perto. Por isso, apresentaremos na sequência algumas dicas para controlar a sua franquia de maneira mais eficiente.

1ª Dica: Elabore um planejamento financeiro

O planejamento financeiro precisa sair da cabeça e ir para o papel, pois você irá ter por base tudo o que está registrado, como:

• Faça o registro e acompanhamento periódico de todas as operações da franquia;

• Não junte as contas pessoais das contas da franquia;

• Saiba dos seus custos e faça o seu controle;

• Realize o pagamento das contas em dia.

2ª Dica: Controle o fluxo de caixa da sua franquia

Para poder controlar a movimentação de caixa do seu negócio, você precisa:

• Determinar um espaço de tempo para fazer o controle do caixa;

• Saiba das receitas e despesas e faça a separação em fixas e periódicas. Desta forma, fica mais simples prever os pagamentos e recebimentos;

• Faça o registro das contas a pagar e a receber;

• Tenha os comprovantes de pagamento e documentos financeiros organizados;

• Separe os custos de forma a possibilitar entender, em que setor está ocorrendo maior gasto.

3ª Dica: Procure utilizar um software de gestão para organizar as finanças

Utilize um software de gestão e inclua nele todos os dados financeiros que você possui. Assim, é possível gastar mais tempo na tomada de decisão do que em realizar contas diárias.

Os softwares de gestão possibilitam que o franqueado reduza erros de cálculo, ganhe tempo e otimize os processos. Além disso, faz controle de estoques, informa as contas a pagar diariamente, acusa os recebimentos, emite notas fiscais, entre muitas outras atividades que favorecem a gestão da franquia.

4ª Dica: Mantenha os documentos da franquia organizados

Com a organização dos documentos, é possível encontrar o que você precisa, sem muito esforço. Gaste o tempo que for necessário e se organize sempre. Faça a separação dos documentos em pastas diferenciadas e devidamente identificadas. Assim, a sua empresa estará pronta para apresentar os dados necessários para o setor de contabilidade, além de possibilitar a apresentação para os órgãos fiscalizadores de maneira mais rápida.

5ª Dica: Estabeleça provisões para momentos de queda de faturamento

Você tem como fazer provisões de gastos e rendimentos para a sua franquia tendo por base as informações relativas às finanças. Estas informações possibilitam que você reconheça os períodos de baixa de movimento e, assim, possa provisionar recursos financeiros para cumprir com os seus compromissos neste período.

6ª Dica: Procure não realizar empréstimos bancários

Os empréstimos bancários resolverão o seu problema momentaneamente, mas, com o passar de 30 dias, você terá redução no caixa, uma vez que terá que fazer o pagamento dos empréstimos.

Claro, sabemos que nem sempre é possível evitar os empréstimos bancários. Mas, se esta é a única saída para resolver o problema financeiro da sua franquia, faça o empréstimo e melhore a saúde financeira da empresa.

Juntamente com o empréstimo, estabeleça metas de redução de custos e aumento nas vendas, para equilibrar a franquia, mesmo com o pagamento do valor.

7ª Dica: Estabeleça metas financeiras

As metas financeiras servem para indicar onde a sua franquia quer chegar. Por isso, estabeleça metas a curto, médio e longo prazo. Essa clareza de objetivos servirá para direcionar as suas ações e chegar até onde você deseja ir com a sua franquia.

8ª Dica: Faça a organização das diferentes fontes de pagamento

Ofereça aos seus clientes diferentes fontes de pagamento, seja na forma de cartões de débito e crédito, pagamentos à vista, recebimento de pix, via QR Code, entre tantas outras formas.

Por fim, organize os recebimentos de acordo com a fonte de pagamento e tenha clareza da existência deles quando for fazer os pagamentos dos custos e despesas.