You are currently viewing Dark kitchen é a nova tendência do mercado de alimentação

Dark kitchen é a nova tendência do mercado de alimentação

Mais de 50% das franquias brasileiras adotaram o formato em 2021; entre as vantagens da modalidade está o baixo investimento para começar o negócio

O conceito de dark kitchen surgiu há cerca de 30 anos nos Estados Unidos, mas só ganhou força no Brasil em 2020, com a pandemia e a necessidade de lockdown em todo o país. O termo dark kitchen, traduzindo para o português, significa cozinha escura ou cozinha fantasma, são locais que funcionam apenas para o preparo dos alimentos e entrega, ou seja, não contém mesas, balcão, garçom ou fachada.

A principal vantagem desse formato está na possibilidade de iniciar um negócio com um investimento bem mais baixo do que uma modalidade presencial.

A empresária Carla Parizzi, por exemplo, conseguiu montar o seu negócio na cozinha de um restaurante que só funcionava no horário do almoço. “A cozinha do restaurante em que opero minha empresa ficava fechada durante o jantar, assim, ao invés de precisar montar uma nova estrutura, aluguei o espaço durante o horário noturno. O negócio deu tão certo, que a empresa se tornou uma franquia e agora empreendedores de todo o Brasil podem aplicar o modelo de negócio que desenvolvi. É possível, por exemplo, adaptar a cozinha da residência – seguindo todas as normas brasileiras – e começar o próprio negócio”, explicou a proprietária da franquia Frango Frito D’Oeste.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o formato de dark kitchen está sendo adotado por 57,4% das franquias no Brasil e esse crescimento segue em todo o globo. A Uber, por exemplo, divulgou que o seu ramo de entrega de comidas, Uber Eats, registrou um aumento de 224% no mundo no quarto trimestre de 2020.

“A versatilidade e a operação enxuta fazem desse formato uma excelente opção para aqueles que não querem ou não podem investir muito para começar uma franquia. Na modalidade dark kitchen é possível economizar cerca de 40% na implantação e reduzir os custos fixos, uma vez que há diminuição no número de funcionários e em outras despesas mensais”, explicou Fred Henrique, especialista em expansão de franquias.

Para 2022, a expectativa é que essa tendência continue em alta e se consolide no mercado.

Para conhecer mais sobre a franquia Frango Frito D’Oeste e saber como se tornar um franqueado, entre em contato através do Instagram da empresa:  www.instagram.com/frangodoeste ou pelo WhatsApp (49) 9186-8764.

Deixe um comentário